Eva Furnari – “Otrapalhçãa”

Uma criação da TG3 para o Sesc Ribeirão Preto

Pelo 4º ano consecutivo, a TG3 desenvolve, para o Sesc Ribeirão Preto, a cenografia do Projeto Tirando de Letra, que já se encontra em sua 5ª edição. Este ano, o projeto apresenta ao público a obra da premiada autora de livros infantis, ilustradora, professora e arquiteta ítalo-brasileira Eva Furnari, que em sua extensa produção literária já soma mais de 60 títulos.

O projeto arquitetônico/cenográfico ocupa várias áreas da Unidade SESC Ribeirão Preto, priorizando um contato fluente com o tema, propiciando uma vivência que vai além dos atos de ler, contar e ouvir histórias. A exposição coloca o visitante em contato direto com os temas abordados pela autora que, em suas narrativas, apresenta um grande talento para o humor e o nonsense, utilizando-se de recursos como paródias, trocadilhos, reinos encantados sempre malucos, realismo e bastidores da vida e, de uma forma genial, a metalinguagem.

Muitos artistas aderecistas foram envolvidos na produção de bonecos, objetos, traquitanas e interações tecnológicas, tornando os ambientes lúdicos e repletos de fantasia.

A exposição foi inaugurada no dia 9 de maio/2014, e fica em cartaz até 21 de setembro/2014, período em que prevê receber mais de 20 mil estudantes de Ribeirão Preto e região, além de visitas espontâneas do público em geral.

Visitação: de terça a sexta, das 13h30 às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h (Rua Tibiriça, 50, Centro, Ribeirão Preto – SP)

Livre. Grátis.

 

Sesc Ribeirão Preto – “Tatiana Belinky – Moradora de Livros”

Com foco principal no incentivo à leitura, e utilizando-se de recursos cenográficos, tecnológicos e elementos lúdicos, a exposição desenvolvida pela TG3 para o SESC Ribeirão Preto apresenta a vida e a obra de Tatiana Belinky a um público prioritariamente formado por crianças de 7 a 14 anos.

Ocupando várias áreas da Unidade, o projeto arquitetônico/cenográfico prioriza um contanto fluente com o tema, propiciando uma vivência do ato de ler, contar e ouvir histórias.

Tatiana Belinky nasceu na Rússia no ano de 1919 e chegou ao Brasil aos dez anos. Sua afinidade e amor pela literatura a tornou escritora. Em 1946, aos 27 anos, já fazia peças de teatro. Com a chegada da televisão, Tatiana passou a adaptar grandes clássicos da literatura para a telinha: atividade pioneira no teatro e na televisão para crianças e jovens. Foi pioneira na TV dos anos 1950, ao roteirizar mais de 360 capítulos da primeira versão do “ Sítio do Pica Pau Amarelo” para a TV. Seja na literatura, no teatro ou na televisão, sua intenção sempre foi despertar nas pessoas o amor pelos livros, tendo compartilhado as ideias e o trabalho com o marido, o psiquiatra e educador Júlio Gouveia.

Dramaturga, escritora, jornalista, tradutora e adaptadora, Tatiana recebeu vários prêmios: Jabuti, APCA, Bienal Nestlè, Monteiro Lobato, Abrinq e Amigo do Livro (da Câmara Brasileira do Livro).

Além da exposição, o projeto conta também com outras peças gráficas desenvolvidas pela TG3 Comunicação, como o “Almanaque das Tatianices”, marcador de livros, mapa da exposição, etc.